Esporte para deficientes: como organizar um evento com inclusão social

Organizar um evento com foco em esporte para deficientes faz com que o melhor deste ramo consiga atingir a todos, sem exceção.

Por isso, realizar um projeto com inclusão social deve fazer parte da história de qualquer organizador de eventos esportivos que preze pelo bem social e pela saúde de seus visitantes com deficiência.

Então venha com a gente para saber o que é, as vantagens e algumas ideias de esportes para pessoas com deficiência auditiva, visual e física.

O que é um evento de esporte para pessoas deficientes?

Um evento de esporte para deficientes é uma maneira de levar as pessoas que possuem uma ausência da capacidade total no funcionamento de uma parte do corpo, sendo motora ou física, a oportunidade de praticar esportes de uma maneira correta.

Com isto, vários amantes de esportes se descobriram praticantes de atividades esportivas após os eventos darem espaço para que eles conseguissem ter seu momento de lazer.

Tudo começou em 28 de julho de 1948, quando Ludwig Guttmann, neurologista alemão, promoveu na Inglaterra o primeiro evento esportivo exclusivo para portadores de deficiência, tendo participação de dois arqueiros paraplégicos na competição.

E com este primeiro passo de Guttmann que os eventos esportivos inclusivos são organizados até hoje, que devem sempre seguir as leis da região do projeto desejado.

Vantagens de realizar um evento esportivo para pessoas com deficiência

Ao realizar um evento esportivo para pessoas com deficiência as vantagens são claras não somente para os participantes, mas também para destacar seu projeto entre a concorrência.

Você pode até pensar que o alcance de interessados no evento pode ser pequeno em comparação a um evento de esportes comum, porém este tipo de projeto inclusivo não é muito explorado pelos organizadores, já que demanda uma atenção especial para as adaptações.

Com isso você não precisará enfrentar a grande concorrência como em outro evento de esporte comum, dando assim a oportunidade para se destacar e ganhar um diferencial em seu portfólio.

Além de claro, dar a oportunidade para os portadores de deficiência poderem, através das atividades, ter uma ajuda em sua reabilitação e se divertir como toda pessoa merece!

Mas para que isto aconteça é necessário adaptar o esporte de acordo com o que cada deficiência exige, conseguindo assim que o visitante realize as atividades sem problemas.

Como é um esporte adaptado para deficientes?

Para adaptar um esporte para deficientes é necessário verificar, primeiramente, as regras da região que vai acomodar seu evento.

Pois para ter um evento adaptado é necessário mudar as regras, equipamentos e garantir que o local tenha o suporte certo para acomodar e dar acesso adequado para seus visitantes.

Com isto é crucial que você, organizador, consiga com antecedência os equipamentos necessários para a modalidade de esporte que escolher e verificar as leis que isentam ou dão direito de meia-entrada para deficientes na hora das inscrições.

Você pode verificar e tirar suas dúvidas na prefeitura da cidade onde o seu projeto vai acontecer para que consiga realizá-lo sem problemas e dentro das normas.

Após esta pesquisa de leis você está livre para começar a ter ideias de esportes adaptados, para que os participantes com deficiência tenham a melhor experiência em seu evento inclusivo.

Ideias de esportes para deficientes em seu evento esportivo

O mundo do esporte está se tornando cada vez mais maleável para que as mudanças de regras, equipamentos e locais consigam abranger o máximo de pessoas possíveis.

Com isso incentivando o exercício físico e mental sem excluir nenhum grupo de pessoas, com objetivo de trazer a todos a prática social e aumentar a autoestima do participante independente de sua condição.

Então separamos para você algumas ideias e explicações de cada esporte para deficientes que pode fazer parte do seu projeto. Vamos lá!

Deficientes auditivos

Como os deficientes auditivos não possuem nenhum prejuízo cognitivo, motor ou psíquico fica mais fácil de adaptar os esportes para estes participantes.

Por isso que as opções de esporte para este público é mais abrangente e tem os mesmos critérios usados para a seleção de atividades que são estabelecidas para pessoas sem deficiência.

Com isso deve ter uma preocupação comum dos critérios para a inscrição como:

  • Condições de saúde;
  • Faixa etária;
  • Condicionamento físico;
  • Interesses;
  • Entre outros.

Porém deve-se dar uma atenção especial em exercícios aeróbicos, já que as pessoas com deficiência auditiva tem uma respiração curta por não usarem os músculos exigidos para falar.

Então é importante sempre ter profissionais da saúde que acompanhem os participantes durante todo o evento para dar mais segurança a eles.

Não somente estes profissionais devem estar presentes em seu evento, mas também  contrate um funcionário fluente em libras para auxiliar na hora da comunicação.

Com tudo isso em mente podemos agora te mostrar algumas ideias de esportes para divertir seus participantes com deficiência auditiva em seu evento.

Vamos lá!

Natação

Como esporte, a natação é perfeita para trazer todos os benefícios de saúde aos participantes, já que envolve todas as funções motoras e não precisa de audição para conseguir ser exercida.

Porém é recomendado adaptar a piscina para que não exija muito esforço aeróbico dos participantes ao decorrer das atividades propostas.

Não se esquecendo também que é necessário que ao lado do bloco de saída tenha um equipamento com luz indicando aos atletas o momento da largada. 

Arco e flecha

Você pode trazer aos seus visitantes uma experiência pouco explorada e que vai providenciar momentos únicos em seu evento através de uma competição de arco e flecha.

Nesta modalidade só é preciso que um profissional em libras dê as instruções necessárias para os visitantes antes da atividade começar.

Com esta ideia fica mais fácil organizar um evento esportivo, já que não será necessário o uso de equipamentos especiais e ter grandes adaptações do local conforme a deficiência do atleta.

Artes marciais

Uma outra boa ideia seria realizar um campeonato de artes marciais em seu evento, uma vez que, na hora da luta, a fala não é muito relevante para obter vantagem.

Além de exercer o lado físico, o atleta também pratica o raciocínio e estratégia durante as atividades de lutas marciais.

Mas claro, deve ser organizado de forma em que os atletas consigam se comunicar com os instrutores e que separe os competidores em grupos específicos para uma competição mais justa.

Deficientes visuais

Para os deficientes visuais os esportes são mais limitados e precisam de mais adaptações em seu evento do que os deficientes auditivos.

Porém eles podem aproveitar do esporte para deficientes desde que o ambiente e equipamentos consigam atender às suas necessidades.

Por isso, separamos alguns esportes que possam ser adaptados e também alguns específicos para este tipo de deficiência.

Goalball ou Golbol

O Goalball ou Golbol (como é conhecido no Brasil) é uma modalidade exclusiva para pessoas com deficiência visual e é bem simples de ser organizada e que com certeza vai agitar seu evento com esta atividade descontraída.

Este esporte consiste em uma equipe de ataque e outra de defesa, a primeira deve tentar fazer gol, com o uso das mãos, logo após a bola ser lançada na quadra e a segunda deve defender com o time inteiro deitado no chão.

Vence a equipe que conseguir fazer mais gols ao final da partida.

Os atletas conseguem realizar este objetivo através do tato e audição que são respectivamente exercidos por linhas no chão e bola com guizos

Mas claro, não podemos nos esquecer de algumas regras cruciais para um jogo mais justo que são:

  • Obrigatório o uso de vendas para todos os atletas;
  • Cada equipe deve jogar com três jogadores e três reservas;
  • Partida com dois tempos de 12 minutos e 3 minutos de intervalo entre eles;
  • Pode ser composto por atletas com deficiência visual de classes 1, 2 e 3 no mesmo jogo.

Se caso esta modalidade te interessou, existem outras regras que você pode estar conferindo neste artigo sobre Goalbol.

Mas continue com a gente porque temos outra ideia que você tem que conferir neste artigo sobre esporte para deficientes.

Futebol de 5

Já ouviu falar sobre futebol de 5?

Se sim, você sabe que este esporte foi dedicado exclusivamente para atletas cegos por volta da década de 1920.

Bem, esta modalidade vem ganhando espaço no Brasil por ser divertida e que se difere do futebol convencional por ter partidas silenciosas.

Já que, além de defender o gol, também é função do goleiro (único não deficiente visual) de cada equipe instruir os jogadores deficientes visuais durante a partida.

O silêncio é importante também para que os atletas, que devem estar vendados, consigam localizar a bola que possui guizos em meio a quadra de grama sintética ou madeira.

Não podendo esquecer também da regra que evita o choque entre os participantes durante a partida, que é: toda vez que um jogador se mover até a bola ele deve falar a palavra em espanhol “voy” (vou em português).

Se caso o jogador não seguir esta regra o juiz marca falta contra a equipe do mesmo.

Deficientes físicos

Por último neste artigo sobre esporte para deficientes não podemos deixar de fora os participantes com deficiência física.

Para este tipo de atleta é necessário organizar um local que tenha fácil acesso e estrutura suficiente que vão além das atividades físicas, mas que supram também as necessidades básicas de cada um.

Então vamos às ideias finais de esportes para o planejamento de seu evento esportivo inclusivo de sucesso.

Tiro esportivo

O tiro esportivo adaptado para deficientes físicos faz parte dos famosos Jogos Paralímpicos desde 1976, em Toronto.

Esta modalidade exerce a precisão e controle dos atletas, onde os mesmos usam rifles ou pistolas para disparar contra alvos estáticos com 10, 25 e 50 metros de distância.

Este esporte deixa que atletas com diferentes habilidades funcionais consigam disputar entre equipes mistas que são classificadas em duas classes: com cadeiras de roda ou em pé.

Tênis de mesa

Sendo uma das modalidades mais prática de adaptação, o tênis de mesa é uma boa opção para um evento de esportes sem muitas mudanças no equipamento.

As únicas adaptações recomendadas, além do local com fácil acesso, seria dividir entre mesatenistas andantes e cadeirantes para jogos individuais, duplas ou equipes.

Neste esporte as mudanças acontecem mesmo nas regras que deixam a atividade mais justa para todos. Confira:

  • A bolinha pode pular até duas vezes na mesa sem haver penalidade;
  • O saque deve ser feito pela mão oposta àquela em que o participante segura a raquete, exceto quando o atleta andante não consegue utilizar o braço por amputação ou deficiência do membro;
  • Podem participar todos portadores de deficiência, menos visual.

Esta modalidade também está presente nos Jogos Paralímpicos desde 1976 juntamente com a estreia do Brasil nesta modalidade.

Para finalizar…

Pronto, agora que você entendeu o que é, vantagens e algumas ideias de esporte para deficientes está na hora de colocar alguma destas ideias em prática em projeto inclusivo.

Mas claro, sempre conte com a ferramenta MI que tem tudo o que um organizador de eventos sonha para a organização de seu projeto.

Então pare de gastar com várias ferramentas e conheça agora esta ferramenta que vai mudar seu jeito de organização.

Clique agora, tenho certeza que você vai amar!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
LOGO MI

Crie seus eventos no
Minhas Inscrições

Tenha as melhores ferramentas para uma gestão completa de seus eventos em um só lugar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.